Os dez hábitos mais produtivos no trabalho

EPA/ALBERTO ESTEVEZ

Artigos relacionados

Segunda-feira 24.04.2017

Segunda-feira 13.03.2017

Quarta-feira 27.11.2013

Sexta-feira 22.11.2013

“Dizia Gandhi que um minuto que passa é irrecuperável e o certo é que malgastamos muito tempo de nossas vidas no trabalho e profissional”, apontam Ignacio Buqueras, economista e líder da racionalização dos horários, e Jorge barbosa, leandro, profissional de larga experiência em Recursos Humanos e presidente da Fundação para o desenvolvimento da Função de Recursos Humanos FUNDIPE.

Buqueras e barbosa, leandro foi publicado o livro “pare de perder tempo’ para mudar a mentalidade das empresas e dos empregados, em relação à utilização do tempo e fornecer idéias e conselhos práticos para alcançar os objectivos.

Desta forma, propõem dez medidas chave para gerir o seu tempo no trabalho, obter maior produtividade e para aumentar a satisfação, motivação e integração nas empresas.

Além disso, Buqueras e barbosa, leandro recomendam aplicar este decálogo em todos os domínios e não apenas o profissional, já que “é difícil imaginar pessoas que, no trabalho sejam disciplinadas, organizadas e bons gestores de seu tempo e que em outras áreas da vida (pessoal, familiar, etc) não o são”.

Estas são as dicas para o local de trabalho

  1. Entre e saia para a hora: A gestão eficaz do tempo de trabalho começa pela pontualidade, uma grande virtude que permite aproveitá-lo melhor, e é sinal do respeito para com o tempo dos outros, ao mesmo tempo, uma forma de exigir respeito para o próprio, de acordo com Buqueras e barbosa, leandro. Acrescentam que, para ser escrupuloso com a hora de entrada ao trabalho, dá legitimidade para sê-lo, também, com a saída.EFE/Andreas Gebert
  2. Planeje e priorize: No início de cada jornada é conveniente anotar as tarefas que devem ser feitas durante o dia e, em seguida, ver quais são importantes e/ou urgentes e quais não. Numerarlas de acordo com sua prioridade e procurar atenderlas nessa ordem, de acordo com os autores do livro ‘Vamos deixar de perder tempo’. “Bem, se não dá tempo para fazer todas, ao menos, serão resolvidas as primordiais”, observam. Também sugerem começar as atividades mais difíceis, “porque, mas requerem mais esforço, a satisfação de ter concluído que dá impulso para continuar com as outras”, indicam.
  3. Organize-se: Para estes especialistas, “é melhor dedicar-se às tarefas de uma em uma, abordándolas do início ao fim, já que querer fazer tudo de uma vez não funciona e é fonte de estresse”. Recomendam também simplificar e acabar com a mania da perfeição desnecessária, “para não desperdício de tempo útil em fazer as coisas como ninguém pediu, e manter a mesa de trabalho arrumada, porque a eficácia é reduzido, se você está permanentemente invadida por papéis”, afirmam.
  4. Comprometa-se novamente e ilusiónese: Para Buqueras e barbosa, leandro tem que colocar entusiasmo e até paixão e mostrar-se orgulhoso de pertencer ao modelo e não sentir-se indiferente perante os êxitos ou fracassos da empresa. “A pessoa deve envolver-se no seu trabalho, assumir responsabilidades, tomar iniciativas, ter motivação para aprender constantemente e ter a meta de um trabalho bem feito, no tempo adequado, e a própria realização e satisfação”, destacam.
  5. Aumente seu índice de produtividade: Estes especialistas em trabalho e da empresa dizem que “é preciso mentalizarse para aproveitar ao máximo as horas que se passam no local de trabalho, evitando de dispersar-se em distrações, como palestras intransponíveis com colegas, distendidas conversas telefônicas ou consultas extralaborales na internet”. “Se realiza a tarefa com eficiência e concentração pode reivindicar o direito de sair à hora acordada, sem a necessidade de passar no trabalho mais tempo do que o necessário”, rematam.
  6. Saiba dizer “não”: “Muitas vezes, para agradar a outras pessoas, se fazem coisas que não devem e depois nos sentimos culpados por não ter cumprido com o que tínhamos pendente”, de acordo com Buqueras e barbosa, leandro, que sublinham que “é melhor dizer não e chegar até onde se diz, que dizer sempre sim e chegar apenas até onde se pode”.
  7. Use racionalmente as tecnologias: Estes autores sugerem planejar espaços que fechar o e-mail para realizar as tarefas concentrado e sereno. “Uma vez abertos, os e-mails que o exijam, devem ser respondidas no momento, deixando para mais tarde os que precisam de uma resposta reflexiva e eliminando os que não interessam ou que tenham sido resolvidos”, acrescentam. Quanto aos e-mails que são enviados, Buqueras e barbosa, leandro dizem que têm que ser “concisos e claros” e estar identificados “com um título preciso, se há que resgatá-los do arquivo, já que assim se perde menos tempo procurando”.
  8. EPA/MD NADEEMDesconecte: Enquanto que a internet, o email, o telefone fixo e o móvel têm de ajudar e não atrapalhar o trabalho, fora do âmbito de trabalho, há que gerir bem o uso do telefone móvel e do portátil, “porque não se trata de estar ligado à empresa 24 horas por dia, todos os dias, nem de levar trabalho para casa”, advertem os autores.
  9. Use menos tempo para as refeições: “Se o tipo de actividade e da empresa que o permitem, é preferível almoçar na metade do tempo e investir o resto em trabalhar e vir de casa já desayunado, já que esse tempo vai ganhar para sair mais cedo e poder servir a vida pessoal e familiar”, indicam.
  10. Deixe espaço para a família e para si mesmo: “Para encontrar o equilíbrio necessário para ser saudável psicológica, emocional e intelectualmente, temos que dedicar tanto tempo a nossa pessoa e nossa família como no trabalho, asseguram Buqueras e barbosa, leandro. “Você trabalha para viver, não se vive apenas para trabalhar, e não há necessidade de estar de férias para poder desfrutar de aspectos essenciais e enriquecedores da vida, como o lazer, a educação, a convivência familiar, as relações sociais, o descanso…”, concluem.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply